Buraco enorme aparece no deserto do Atacama

Buraco no deserto do Atacama
O sumidouro. (Johan Godoy/AFP)


Especialistas no Chile estavam investigando nesta terça-feira o surgimento de um enorme buraco, maior que uma quadra de tênis, que apareceu perto de uma mina de cobre no deserto do Atacama.

Especialistas foram enviados para examinar o buraco, com cerca de 32 metros de diâmetro e duas vezes mais profundo, que apareceu em uma área de cerca de 800 quilômetros ao norte de Santiago no fim de semana, o Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin) disse em um comunicado.

Um perímetro de segurança de 100 metros foi erguido ao redor do buraco no município de Tierra Amarilla, perto da mina de Alcaparrosa, operada pela empresa canadense Lundin Mining.

A empresa disse em comunicado que "não houve impacto no pessoal, equipamentos ou infraestrutura", e o sumidouro permaneceu estável desde sua detecção.
 
 
Buraco enorme aparece no deserto do Atacama
O sumidouro. (Johan Godoy/AFP)  


Como medida preventiva, "os trabalhos de desenvolvimento em uma área da mina subterrânea de Alcaparrosa foram temporariamente suspensos", informou a empresa .

O diretor da Sernageomin, David Montenegro , disse que os especialistas procurarão determinar a causa do colapso e "garantir que todas as medidas de segurança sejam tomadas para proteger a vida dos trabalhadores e das comunidades próximas ao local".

Cristian Zuniga, prefeito do município de Tierra Amarilla de cerca de 13.000 habitantes, disse a jornalistas que o sumidouro não tinha precedentes.

"Pedimos que a causa seja esclarecida: se o colapso é produto da atividade de mineração ou outra coisa", disse.

O Chile é o maior produtor mundial de cobre, responsável por um quarto da oferta global.
 
 
Fonte: sciencealert

Nenhum comentário:

DEIXE O SEU COMENTÁRIO AQUI!